2011(e)ko abuztua 17, asteazkena

BACOQUICES INCONÓMICAS AO QUADRADO

APÓS ENTRARMOS NUM TAL DE EURO

OBTENDO FINANCIAMENTO A JUROS TÃO BAIXOTES COMO NUNCA TIVEMOS

PERMITINDO COMPRA DE LUXOS

E GAJOS VIAJANTES A 193 PAÍSES

UM FEITO SÓ CONSEGUIDO ANTERIORMENTE POR FERNÃO MENDES PINTO

NUMA ALTURA EM QUE HAVIA PAÍSES AO VIRAR DA ESQUINA

E QUE SE PASSAVA A FRONTEIRA À ESPADEIRADA E A TOQUES DE BALA DE CANHÃO

OU DE PANELAS DE PÓLVORA E VIROTÕES QUE NÃO ERAMOS ESQUISITOS

E DORMIAMOS DE GRAÇA COM BRASILEIRAS E PESSOAL DE LESTE(MALAIOS E CHINESES INCLUIDOS

EM VEZ DE OS IMPORTARMOS A PESO DE OURO PARA FAZERMOS O MESMO

DANTES VINHAM DE GRAÇA, OU QUASE

BASTAVA DAR-LHES UMA CACHAPORRADA E ATÁ-LOS PARA PRESENTE

E ESTAS EXPEDIÇÕES COMERCIAIS A JUROS DE 25%

NEM SEMPRE ERAM BEM SUCEDIDAS

FINALMENTE TIVEMOS UMA DÉCADA (QUASE) DE EMPRÉSTIMOS ABAIXO DOS 2%

ACHO QUE O MAIS BAIXINHO ANTERIORMENTE ANDOU NOS 3 A 4%

E AGORA UNS DEFENSORES DA TÁCTICA DO QUADRADO

QUEREM QUE O NOVO ESCUDO CHAMADO SUPER-ESCUDÃO TENHA TAXAS BAIXOTAS

AGORA QUE TOMÁMOS O GOSTO DE VIVER A CRÉDITO



SAÍMOS LENTAMENTE DO QUADRADO

E NÃO MATÁMOS OS CASTELHANOS TODOS